National Geographic

Como alavancar uma série e conscientizar, ao mesmo tempo

National Geographic

640 480 Squid - Plataforma de marketing de influência

Se precisássemos escolher uma palavra para definir o povo brasileiro, esta palavra seria sincretismo. Nascemos de uma mistura étnica, religiosa e cultural tão única que a nossa principal característica é ter diversas características. Equanto Fulano é negro e budista, ciclano é oriental e candomblecista. Talvez, por conta da mistura étnica e religiosa, essas atribuições tenham soado de forma estranha, mas são o retrato do nosso país.

Apesar de sermos um povo misturado, a tolerância à essa mistura nem sempre existe. E essa tolerância (ou falta dela, muitas vezes) foi, justamente, a pauta do primeiro episódio da série Explorer Investigation, da National Geographic.

CASE DE SUCESSO

#ExplorerInvestigation

0

de pessoas alcançadas

0

impressões

0

de engajamento por post

O DESAFIO

Expor um ideal, conscientizar a população e gerar visualizações

Foram dois os principais desafios da campanha: do ponto de vista estrutural foi encontrar influenciadores que representassem as diversas religiões do nosso país e que mostrassem a importância da tolerância religiosa no nosso contexto, já do ponto de vista de awereness foi a divulgação da série, que foi lançada no canal da National Geographic no YouTube. Por consequência, também surgiu o desafio de alavancar a quantidade de visualizações e de inscritos do canal da marca, representando o rejuvenescimento da audiência.

A SOLUÇÃO

Para a intolerância, conhecimento

Durante a campanha, que durou uma semana, foram usados os dois principais formatos de conteúdos presentes no Instagram. Foram geradas fotos, fixas no feed dos influenciadores, falando sobre a religião de cada um e divulgando o primeiro episódio da série, e stories, explicando um pouco melhor sobre o que se tratava a série. Para ajudar na divulgação, a Nat Geo, além de disponibilizar o episódio de maneira antecipada para os selecionados, criou para cada influenciador uma camiseta personalizada, estampada com o nome da religião e seguida da frase “E daí?”. Dessa forma, munidos de todas as informações necessárias, puderam divulgar o episódio, a série e onde ela estaria disponível, levando tráfego para o canal no YouTube da marca.

O SUCESSO

Quebrando um tabu e indo além

Os bons restuldados da campanha, além de poderem ser traduzidos em números, também foram vistos nas publicações dos influenciadores. Em números, além das métricas já citadas, podemos também colocar que foram gerados mais de duas vezes a quantidade de conteúdos contratados inicialmente. Agora, falando dos conteúdos em si, podemos considerar que foram gerados vários materiais falando dos episódios subsequentes, de maneira espontânea, orgânica, devido ao tema da série Explorer Investigation.

Deixe um Comentário